Revistas e Artigos Científicos

Sugerimos, nesta página, a leitura de algumas revistas e artigos científicos relevantes no âmbito do trabalho desenvolvido pela Unidade de Melhoria do Ensino e da Aprendizagem da Universidade do Porto.

Destaques

Desmistificar o recurso à Memória na Aprendizagem  artigo completo

Resumo: O recurso à memória no ensino-aprendizagem estará ultrapassado? Será que a inovação pedagógica e o recurso à memória não fazem match? No artigo Aprendizagem e memória: Interseções e implicações para a prática pedagógica, de Oliveira (2016), sistematizam-se algumas das implicações da investigação sobre a memória humana na compreensão e promoção das aprendizagens escolares. Como é que a Memória e a Aprendizagem se intersetam? Quais são as implicações pedagógicas no conhecimento dos processos que promovem a representação, o armazenamento e a recuperação de informação? Aqui, pode saber mais sobre os contributos da investigação da memória para a aplicação de abordagens pedagógicas construtivistas.

Título do artigo: Aprendizagem e memória: Interseções e implicações para a prática pedagógica

Referência: Oliveira, C. (2016). Aprendizagem e memória: Intersecções e implicações para a prática pedagógica [Learning and Memory: Intersections and implications for pedagogical practice]. Revista de Estudos Curriculares. 7. 85-110.

Revistas Estrangeiras

A Connected Curriculum For Higher Education, Dilly Fung – Professor of Higher Education Development, University College London (UCL)

Promoting a European dimension to teaching enhancement

A feasibility study from the European Forum for Enhanced Collaboration in Teaching (EFFECT) project.

The EFFECT project produced a feasibility study on how teaching enhancement can be promoted in the most efficient manner at the European level. Launched at the 2019 European Learning & Teaching Forum, it presents and discusses approaches for pedagogic staff development already explored in European higher education institutions and systems. It also proposes European approaches to support and enhance learning and teaching.

This series of reports explores new forms of teaching, learning and assessment for an interactive world, to guide teachers and policy makers in productive innovation. Um conjunto de relatórios que explora novas formas de ensino, aprendizagem e avaliação num mundo interativo. Uma ajuda na orientação de professores e decisores políticos na inovação no ensino.Institute of Educational Technology, The Open University,
Walton Hall, Milton Keynes, MK7 6AA, United Kingdom
Centre for the Science of Learning & Technology (SLATE), University of Bergen, Postboks 7807, N-5020
Bergen, Norway
https://www.uib.no/en/slate

Learning strategies: a syntesis and conceptual model npj|Science of Learning 1, article number:16013 (august 2016)

EUNIS Dørup E-learning Award – The Award is given for the outstanding and innovative application of information technology (IT) in an educational setting. It was founded in commemoration of former member of the EUNIS Board of Directors, Jens Dørup. Dørup E-learning Award are judged by 4 criteria: Innovation, Pedagogy, Technology, Usefulness and benefits of the innovation
In 2013 the award was given to University of Porto, Portugal, for the presentation of the paper:
Learning spaces and students’ entrepreneurship: the strategy for the successful implementation of an e-learning café in campus U. Porto

Revista Ibero-Americana de Educação (RIE) 
ISSN:1022-6508; ISSNe:1681-5653
Centro de Altos Estudos Universitários

Nature:
Revista semanal. Editor: Nature Publishing Group, Macmillan Building

  • Inequality in the Lab: (Nature, volume 537, nº7621, 21 september 2016)
    In this Nature ‘Science and inequality’ special issue we look at what science can say about inequality as a phenomenon, and the way inequality plays out within the science workforce. Economist Branko Milanovic uses historical data to follow the ebb and flow of inequality on a timescale of centuries. Mike Savage tackles the question of what ‘class’ actually means. And in two News Features we look in detail at what inequality means within science itself.
  • Building the 21st Century Scientist: (Nature, volume 523, nº7560, 16 july 2015)
    In a collaboration with Scientific American, Nature takes a look at modern movements in teaching science, technology, engineering and mathematics (STEM). By applying the principles of twenty-first-century learning, educators should be able to produce scientists better prepared for the modern, multidisciplinary workforce and a more science-literate populace in general.
  • Nature University Experiment: (Nature, volume 514, nº7522, 16 october 2014)
    Universities must evolve if they are to survive. This special issue of Nature on the theme ‘The university experiment’ examines the myriad ways in which universities around the world are trying to free themselves from old habits of thought, and to explore new ways of doing things. No one knows which of these experiments will produce the best-educated students or the greatest leaps in academic understanding (see leading article on page 273). But all share the sentiment that the twenty-first-century university could be strikingly different from the institutions of the past.

npj|Science of Learning 1
Revista do grupo nature partners journal dedicada ao “ensino e aprendizagem”.
Learning strategies: a syntesis and conceptual model npj|Science of Learning 1, article number:16013 (august 2016)

Educause review
Revista bimestral (6 números por ano) que apresenta uma ampla visão no desenvolvimento de atuais tendências das tecnologias da informação e de como elas podem afetar as universidades como instituições.

Revistas Nacionais
Outros Documentos Pedagógicos

Centro de Altos Estudos Universitários (CAEU)
Instrumento de desenvolvimento institucional da OEI, criado em 2008, para impulsionar estratégias de cooperação técnica no âmbito do ensino superior, da formação de profissionais e da difusão do pensamento educacional.

GABINETE DE ESTUDOS ESTRATÉGICOS E MELHORIA CONTÍNUA DA U.PORTO
Percurso dos estudantes admitidos pelo regime geral em licenciaturas, 1º ciclo e mestrado integrado, na U.Porto em 2013/2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA
O Ministério tem aprofundado o diagnóstico em matéria de ingresso e frequência no ensino superior, a partir de trabalho desenvolvido pela Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência e da promoção de outros estudos, nomeadamente:

  • O relatório estatístico da DGEEC «Transição entre o Secundário e o Superior: série temporal», sobre a transição dos alunos entre o ensino secundário e o ensino superior em Portugal Continental, com dados de 2016/17 e dos seis anos letivos precedentes [disponível aqui];
  • A análise da DGEEC sobre a situação após um ano dos alunos inscritos em 2013, 2014 e 2015 no ensino superior público no 1.º ano, pela 1.ª vez, por forma de ingresso [documento de síntese dos resultados];
  • O estudo da DGEEC «Percursos no ensino superior: situação após 4 anos dos alunos inscritos em licenciaturas de 3 anos» sobre o trajeto no ensino superior dos alunos que ingressaram em cursos de licenciatura com a duração teórica de três anos. O percurso académico destes alunos foi acompanhado durante quatro anos, determinando-se as taxas nacionais de sucesso, de abandono e alguns dos fatores que mais as influenciam [disponível aqui].
  • O estudo «Determinantes e Significados do Ingresso dos Jovens no Ensino Superior. Vozes de Estudantes e de Profissionais do Contexto Educativo», encomendado pela Direção Geral do Ensino Superior, e realizado por Diana Aguiar Vieira (IPPorto), com a colaboração da Fórum Estudante. Este estudo teve como objetivo a compreensão das determinantes e significados do ingresso no Ensino Superior na perspetiva dos jovens [disponível aqui]

Outros Documentos do MEC

  • Experiências de Inovação Didática no Ensino Superior.
    Lisboa, MEC, 2015. ISBN: 978-972-729-087-1

GABINETE DE ESTUDOS ESTRATÉGICOS E MELHORIA CONTÍNUA DA U.PORTO
Diversos Relatórios
Informação sobre os diplomados e o percurso dos estudantes na U.Porto.

COMISSÃO EUROPEIA, EUROPEAN UNIVERSITY ASSOCIATION, BOLONHA PROCESS – EUROPEAN HIGHER EDUCATION AREA
Relatórios
Recomendações para o Ensino Superior na Europa.

III Seminário do Observatorio – UM, junho de 2017
ebook: Ser diplomado do Ensino Superior: Escolhas, Percursos e Retornos.
Centro de Investigação em Educação (CIEd), Instituto de Educação do Minho, 2017. ISBN: 978-989-8525-53-6

CNaPPES